As dez comidas caseiras que mais aprecio


Dia destes escrevi um post sobre as coisas que mais detesto e lembro de ter incluído, com uma certa relevância, um tempêro que foi o alho. Eu não gosto de cebola também mas, consigo comer quando o gosto da dita cuja aparece menos do que os demais ingredientes de um prato qualquer. Alho, no entanto, eu tenho nojo e além disso, o filho da puta me faz mal quando, sem querer ou perceber, acabo comendo. Isto é raro porque aquele gosto nojento não consegue passar despercebido por mim.
Pensando naquele post então, resolvi fazer um desafio aos amigos do diHIIT convidando-os a fazer um post seu citando as dez comidas caseiras que mais aprecia. Vale tudo mas, tem que ser comida mesmo. Não vale por exemplo, dizer que comeu a fulana ou o fulano, que gostou muito, que comeria de novo ou que come todo dia. Vamos nos ater, especificamente à comida de fogão. OK?

Muito bem, dou inicio à série, espero que venham comigo.

Primeira

Ravióli à bolonhesa acompanhado de salada de batata ao molho maionese (batata, molho e ovos cozidos e mais nada), farofa (bacon, maçã aos pedaços e passas), carne cozida em panela com bastante molho (tem que ser lagarto, posta como chamamos aqui no Paraná).

Segunda

Empadão de Frango ou Camarão acompanhado de maionese, arroz à grega e um molho do tipo da carne utilizada no empadão. A massa do empadão deve ser do tipo "massa podre" senão perde a graça.

Terceira

Madalena ao forno acompanhada de arroz à grega ou branco simples. Salada mista (tomate, alface, palmito). Óleo de Oliva de boa qualidade para colocar na salada e nos pedaços de madalena. Eu prefiro a madalena feita apenas com batata e carne moída mas aprecio também presunto e bacon no recheio.

Quarta

Camarão com arroz. Camarão abudante cozido e depois misturado com molho de camarão bem grosso temperado com ketchup (pouco), mosatrda e molho inglês. Acompanha arroz branco ou à grega e salada. Eu gosto de salada de alface e tomate.

Quinta

Lazanha à Bolonhesa. Lazanha tradicional (camadas de massa entremeadas com presunto e queijo). O molho é feito com carne moida feita na panela à qual se adiciona os temperos desejados. Eu gosto de ketchup, molho de tomate, molho inglês, mostarda preta e pimenta forte.

Sexta

Costela de gado ao forno acompanhada de salada de maionese e salada (alface, tomate, palmito). A costela deve ser feita da seguinte maneira. Pega-se uma ponta de mais ou menos 5 quilos, bem magra. Tempera-se com sal grosso apenas e se coloca em uma forma. É obrigatório utilizar de um aparato que não deixe que a carne fique encostada na forma. Se não tiver o que colocar pode usar pequenos pedaços de tijolo bem limpos mantendo a carne suspensa. Regule a chama do forno na menor temperatura e deixe assar por mais 6 horas. Antes de servir bata o sal.

Sétima

Macarrão ao molho de atum acompanhado de maionese e farofa. O molho de atum é feito nos mesmos moldes do molho à bolonhesa só que, ao invés da carne moida, coloca-se atum ralado comprado já pronto em latas. Como o atum é um peixe que marca muito, não é conveniente abusar do tempero utilizando coisas fortes.

Oitava

Picanha na braza acompanhado de salada de maionese. Compre a picanha que tenha, no máximo, 1,50 Kg e fatie-a em fatias não muito grossas mas também não muito finas, um dedo masculino pode ser uma boa medida. Prepare a grelha e quando ela estiver bem quente coloque as fatias de picanha sem sal. Deixe o primeiro lado ficar tostando mais ou menos 30 segundos, nem muito mais nem muito menos. Vire a fatia e lance sal fino bem seco com um saleiro de mão (não se preocupe se colocar muito porque não existe risco da carne, já selada, ficar com muito sal). Deixe o outro lado da carne tostar a gosto (mal passada, ao ponto ou bem passada) . Vire a fatia novamente e adicione sal fino a vontade. Retire da grelha para servir diretamente no prato.

Nona

Pimentão recheado com carne moida e arroz. Utilize pimentões de tamanho médio recheando-os antes de adiciona-los na panela de pressão. O recheio é uma mistura de carne moida, arroz e bacon com pouco molho. Sirva com acompanhamentos a seu gosto. Eu, prá variar, gosto de maionese, salada de alface com tomate e palmito.

Décima

Frango de panela com polenta. Pedaços de frango cozidos em panela com molho temperado à gosto. Polenta natural cozida em panela de pressão. Servir a polenta e, sobre ela, os pedaços de carne com bastante molho. Se quiser pode acompanhar com salada de maionese ou de vegetais ou ainda, ambas.

Terminou a minha relação. Eu chegaria fácil em 50 pratos e você?


Categories:

8 Responses so far.

  1. Bah! amei este desafio, Jef

    Vou divulgar um monte!
    Colocarei no minhas preferências.

    beijos, Maria Souza - Porto Alegre -RS

  2. Nina_p says:

    Você sabe apreciar o que de bom a vida oferece hein? hehe Tirando o a opção 7 e 9, o resto eu adoro! Abs

  3. Sandra F. says:

    Ahahaha alho filho da puta foi ótimo!!!
    Puxa, que fome que me deu ao ler esse post.

  4. Anônimo says:

    To esperando voce tomar umas canjibrinas e escrever sua obra tambem. vai se enchergar papudo

  5. Anônimo says:

    To esperando voce tomar umas canjibrinas e escrever sua obra tambem. vai se enchergar papudo

  6. Anônimo says:

    rsrsrs você tem exatamente o mesmo gosto que eu para comida kkkkkk exatamente, pareceu que eu escrevi o seu post.

  7. eu says:

    que cardápio amigo deu água na boca,quero as receitas?
    a paz!

  8. requeri says:

    e o que é madalena, meu jisuis cristinho?!?!?!?!?!?!?!?!?!?